Pular para o conteúdo principal

Erros de Projeto: precisamos conversar sobre isso

Olá!

A coisa não está fácil pra ninguém.
Economizar hoje, agora, deixou de ser apenas opção para tornar-se a realidade inadiável quando se tratar de executarmos os nossos projetos de vida. No caso da Iluminação de ambientes por exemplo, podemos agora mesmo estar gastando muito, mas muito mais dinheiro do que imaginamos quando pensamos tão somente em economizar. Mas, como isso acontece?

A Codlux® preparou este post especial sobre o assunto aqui no Blog para ajudar você a ficar mais alerta a alguns erros básicos que podem ser cometidos em um projeto luminotécnico. Juntamos em uma compilação, as melhores citações ao tema já postadas no Blog com as dicas de nossos profissionais Andre Caixeta e Marcos Britto. Aproveite a leitura e um bom planejamento para você, juntamente é claro com todo o expertise para desenvolvimento de projetos da Codlux®.



Foi no dia 17 de Abril de 2017 que criamos o Blog da Codlux®. De lá pra cá, já foram publicadas mais de 100 postagens com dicas, notícias e informações sobre cidadania e sustentabilidade relacionadas ao nosso negócio: a iluminação de ambientes com a Luz artificial em Led. E isto foi só o começo. Procuramos multiplicar aqui, a melhor experiência possível para esta tecnologia que, até alguns anos atrás, era muito nova, embrionária, em "fase beta" vamos assim dizer por se tratar de uma alternativa, uma substituição economicamente viável e sustentável a gigantesca e sempre crescente demanda planetária por energia - responsável esta dentre outras coisas, pela geração da luz artificial. Antes do Led, o que tínhamos era um consumo e desperdício de energia na Terra incalculáveis quando o assunto era "sair da escuridão". Hoje, o Led não é mais assim nenhuma grande novidade mas, com certeza - e também por experiência própria em nossos atendimentos - ele ainda é de compreensão limitada para a maioria das pessoas comuns - que querem iluminar e economizar com o Led suas casas, suas empresas e no caso de governos, nossos bens públicos.

Tendo também trabalhado em outras empresas do ramo da iluminação, percebemos que um atendimento bem mais profissional se fazia urgente ante uma mera "banalização" na venda de produtos em Led. Daí nascer em nosso grupo o termo "Led não é banana": uma alusão ao fato de que, adquirir produtos em Led de forma não profissional é comparável a comprar bananas em uma banca de feira livre ou supermercado, onde todo mundo sabe o que é banana - seus tipos, sabores, qualidade e receitas para a deliciosa fruta - podendo a fruta ser indicada/ofertada por qualquer pessoa (você realmente neste caso irá se importar apenas com o preço da banana que estiver comprando)... Com o Led, isto não pode acontecer!

São dezenas de questionamentos a serem respondidos antes mesmo de lhe oferecerem um produto, uma solução, que dirá a especificação/implementação de fato em um projeto luminotécnico (por mais simples que este possa parecer). A Codlux® nasceu desta real necessidade e consequente demanda.

Nosso lema sempre foi e será: "Luz é função. Estamos empenhados nisso".

Conforme crescemos no propósito em oferecer sempre o melhor em projetos e produtos com a tecnologia Led a todos as pessoas e empresas, da maneira mais profissional e acessível disponíveis hoje no mercado - ou seja, sem nenhum tipo de exageros ou equívocos - acumulamos um expertise respeitável que nos deixa agora muito a vontade para podermos orientá-lo quanto as diversas armadilhas e perigos disfarçados que comprometem ou arruínam de vez todo o seu Projeto Luminotécnico. Notamos que alguns clientes que nos procuram, vieram de experiências verdadeiramente desastrosas quando da finalização na iluminação de seus ambientes. E quanto isto acontece, o que se tem a fazer é todo um retrabalho, uma readequação, "um novo projeto em cima de um projeto novo" - algo como um retrofit as avessas: serão necessárias novas releituras da luz a serem aplicadas, novas trocas de lâmpadas ou luminárias que foram adquiridas de maneira errada, reparos em forros, consertos na elétrica... Enfim, dores de cabeça que poderiam ter sido evitadas com o projeto luminotécnico correto. Vamos listar rapidamente abaixo (clique para abrir) alguns dos principais 'vacilos' já citados neste Blog que podem ser cometidos, resultando em um projeto luminotécnico desenvolvido de maneira equivocada. Em cada um destes posts, você encontrará alguma dica de projeto que serve de alerta:

-Falta de planejamento

-Não aproveitar a oportunidade de melhorias na economia

-Não ter noção do consumo de energia no Led em relação a iluminação comum

-Não acompanhar as Bandeiras Tarifárias

-Não ter consciência dos benefícios ambientais do Led

-Ignorar as vantagens do Led para a saúde

-Pensar que Led é só moda

-Ser atendido de maneira limitada, sem conhecimento do produto

-Não atentar-se para o real potencial do Led

-Desconsiderar os possíveis exageros

-Não distinguir as corretas temperaturas de cor

-Não saber o que pode e o que não pode molhar

-Não prevenir-se contra furtos

-Não importar-se quanto a Garantia


Outros pontos importante que devem serem considerados para evitar erros de projeto são:

-Região do local a ser implementado o projeto


Concessionárias de energia interferem esporadicamente com picos elevadíssimos de tensão na rede elétrica que vai para o seu relógio medidor. Dependendo do caso, talvez seja necessário a revisão dos quadros de energia locais para que estas sobrecargas sejam absorvidas antes mesmo de chegarem aos equipamentos Led - que não suportam estas altas variações tão constantemente.

-Contratação de projetos de iluminação em Led através de mão-de-obra não especializada em luminotécnica


Simplesmente dispense! Pedreiros, eletricistas, gesseiros ou instaladores são excelentes profissionais nas funções que exercem. Exija sempre de quem for fazer o seu projeto luminotécnico, o conhecimento e a experiência necessários e imprescindíveis para o desenvolvimento técnico deste tipo de trabalho. Peça referências e portfolio como garantias.

-Aquisição de produtos muito baratos


Evite os chamados Led de 2ª linha, Led 70% etc... Estes são os produtos que carinhosamente apelidamos de "banana", por terem sido escolhidos pelo seu preço baixo porém, sem nenhum embasamento técnico. Em 99% dos casos, eles duram menos da metade do tempo que duraria um produto de construção fiel as normas de qualidade recomendadas, como as do INMETRO.

-Compras em sites


O pior dos mundos: informações equivocadas ou simplesmente ignoradas para especificações e REAIS aplicações de um simples produto são prejuízo na certa a quem se aventura em comprar Led na internet sem orientação profissional. Vamos exemplificar na imagem abaixo:


Uma respeitada rede de comércio varejista oferece em seu site eletrônico lâmpada led 3U (chamada também de espiga ou milho) a preço tentador. A descrição do produto é simplesmente um deleite: é forte e posso colocar onde eu quiser! Só que não. Vejamos algumas armadilhas no texto:

"1-) É Ideal Para Ser Utilizada Em Ambientes Internos Como Lustre (Lustre não é um ambiente! É uma peça de iluminação pontual que acende no máximo a si própria, não tendo o poder de iluminar um ambiente. E esta lâmpada não foi feita para ser colocada em lustres!) 

2-) Iluminação Led Em Geral (Mentira! Este produto tem alcance limitado na iluminação, não produz uma luz difusa, necessária para atingir toda uma área desejada. Repare nos pontinhos deste led: eles emitirão a sua luz na direção horizontal quando colocados verticalmente em bocais comuns por exemplo, alcançarão as paredes dependendo da potência, mas deixando a parte abaixo de sua base (teto ao piso) com uma notável deficiência de luz. Lâmpadas no formato bulbo (as redondinhas) são as mais indicadas neste caso) 

3-) Vantagens Do Super Led (O que é isso? Um termo, uma cacofonia de vendedor. Isto não existe)  

4-) Elegância E Sofisticação Ao Ambiente (se tem algo que a lâmpada milho não possui é elegância: sua aplicação é para as mais diversas finalidades, menos esteticamente decorativa) 

5-) Pode Ser Instalado Embutido Em Forros De Gesso (Errado: é uma lâmpada, necessita de respiro para dissipar o calor gerado pelo seu consumo de energia. Não pode molhar e não pode ficar em tetos ou suportes muito fechados) 

6-) Economia De 90 (Aqui devem estar querendo dizer 90% de economia mas, para qual equivalência? Em relação a que produto? Mais vago, impossível) 

7-) Todas as informações divulgadas são de responsabilidade do fabricante/fornecedor (taí uma verdade!) 

Se este é só um exemplo comum de um possível equívoco para uma simples lâmpada Led, imagine então para outras peças de iluminação Led de formatos e funções mais complexos que o seu projeto poderá exigir. Os comentários dos clientes na imagem "printada" do site não deixaram dúvidas sobre isto.

-Não pensar na iluminação como se pensa no alicerce


Sem exageros, a preocupação com a Luz em um projeto deve ser a mesma do alicerce pois, se de um lado ele sustentará todo o imóvel, o que sacramentará e harmonizará o conjunto final acabado será a Iluminação! Costumamos brincar que, depois dela, só virão as contas para pagar. Logo, o Led deve estar incluído já no custo inicial do projeto e não no final, quando as verbas escasseiam e comprometem a qualidade da iluminação artificial com produtos baratos que, consequentemente, colocarão em risco o próprio projeto luminotécnico. Na luz do dia, tudo fica belo e cristalino a nossa visão. Mas é a noite que buscamos o conforto necessário para o nosso descanso, lazer, estudos e até um home office em nossos lares. A última coisa que a maioria das pessoas pensam depois de até já terem decorado todos os ambientes de um imóvel é na luz artificial. E este, pode ser o maior dos erros! A Luz artificial interfere diretamente nas cores, texturas e na ação do nosso ritmo circadiano. Devemos dar a devida prioridade a ela tanto em um projeto novo quanto a um simples retrofit.

-Revisão da elétrica



Instalar o Led em uma rede elétrica muito antiga é risco de queima de produto na certa. É altamente recomendado em imóveis com mais de 5 anos o parecer técnico de um eletricista qualificado para chancelar a instalação da iluminação em Led no ambiente desejado. A segurança deve ser seguida pelo estabelecido na norma NBR-5410 da ABNT. Desarmamentos constantes nos disjuntores por exemplo são um sintoma claro de erro na rede elétrica. Apenas esta revisão - dependendo do tipo e tamanho do imóvel - pode gerar uma economia de até 10% na conta de luz, fora a economia que você também fará ao usar a iluminação em Led que, comparada a iluminação por lâmpadas incandescentes comuns por exemplo, economiza até 80% de energia. Assim, a economia total na sua conta com a revisão elétrica somada ao uso da tecnologia Led pode passar facilmente dos 30% em valores finais!

-Função do ambiente a ser iluminado



A decisão técnica na iluminação de um ambiente deve estar sempre acima do gosto pessoal, independentemente de quaisquer indicações ou vontades alheias ao projeto luminotécnico! O profissional em luminotécnica analisará sempre em primeiríssimo lugar a Função da Luz para o ambiente a qual ela se destina, considerando as medições e normas aplicáveis, bem como alguns fatores humanos -  idade do usuário por exemplo. Tudo isto pelo simples fato de que o poder de iluminação que o Led propicia deve ser cautelosamente mensurado por um especialista. O que vem em um segundo plano - mas não de maneira menos importante - como a decoração, objetos de arte, móveis etc, deve ser harmonizado de acordo com o IRC adequado, sem afetar a luminância local. Não existe em um projeto luminotécnico "combinação", "padronização" , "unificação" de uma mesma luz para todos os ambientes. Cada local tem a sua função, tem o seu usuário e tem a sua humanização. Em Led, tudo isto deve ser muito bem medido e aplicado.

-Medições de luz necessárias

"In loco" e com os equipamentos adequados ou remotamente via software, as medições da luz artificial nos ambientes geralmente são necessárias  para:


1) Iluminação Led Pontual
Existe o produto correto para iluminação cênica, de destaque ou de conforto e, as diversas opções disponíveis no mercado podem induzir a erros caso mal sugeridas devido a especificações técnicas desconhecidas pelo consumidor final.

2) Iluminação Led Difusa

Mal implementada, esta geralmente incorre a exageros de luz. Tanto em residências quanto em ambientes empresariais ou de entretenimento, subestimar a wattagem (potência) real do Led por confundi-la ou equipará-la as lâmpadas CFC eletrônicas por exemplo, é um erro que fatalmente terá que ser sanado depois.

-Consciência da decisão final a ser tomada em caso de um possível conflito


Uma vez que a sua definição para resolver um impasse seja mal escolhida, saiba que por causa disto você terá ou que refazer todo o projeto ou, arcar com as consequências do seu uso como:

- convívio a uma luz ou muito forte ou muito fraca,
- descaracterização da decoração e objetos de arte nos ambientes,
-desarranjo no seu ritmo circadiano e consequentemente, na sua saúde
- frustração com o resultado final etc...

Todos os questionamentos que o profissional em luminotécnica lhe fizer devem ser levados em consideração pois, o que ele chancelar, servirá como base para o seu conforto, prazer, segurança e atenção no caso específico da iluminação artificial de um ambiente. É uma relação de confiança que terá que ser estabelecida desde o início entre você e o especialista em iluminação em led para que, ao aplicar um produto que deverá durar por pelo menos mais de 10 anos (no caso aqui o equipamento em Led de excelente qualidade), seu projeto possa também estar protegido como investimento, trazendo-lhe então a satisfação plena desejada. Citemos um exemplo: o seu closet. Você vai a um shopping, escolhe uma roupa bonita na loja - falemos de uma linda blusa florida - entra no provador, ama, paga e sai feliz da vida, não vendo a hora de usá-la. Quando chegar este grande dia, você vai até ao seu closet, pega a peça nova, prova, mas a blusa agora lhe parece não estar mais assim tão florida, ela aparente ser meio desbotada, não é a mesma roupa que você provou na loja! O que aconteceu? 
Perguntamos: que tipo de luz você colocou no closet?
Um closet deve representar fielmente as condições de um provador de loja. As grandes redes sabem como fazer para reproduzir a temperatura de cor e IRC (Índice de Reprodução de Cor) da luz artificial em Led ideais para que seus produtos sejam vistos nos provadores dos shoppings exatamente como eles foram desenvolvidos na fábrica. E o que a maioria das pessoas erroneamente fazem em seus closets? Colocam uma luz branca, fria, inadequada, que 'lava' os tons tanto das roupas quanto de seus rostos com um branco azulado, horrível, impensável para o ambiente onde o estilista criou a blusa florida por exemplo. Você nunca verá a mesma blusa como viu na loja nessa tonalidade de "luz fria".  

Vamos na contramão do exemplo acima agora, falando do meio corporativo: uma sala de reuniões. Qual decisão a diretoria de uma empresa tomará para iluminar este importante ambiente? Reuniões muito longas exigem toda a atenção da equipe envolvida para que as falas não causem sono e nem tirem o seu foco. Neste caso, a luz branca fria é a mais indicada pela vantagem que ela tem em reter a atenção dos participantes. Mas isto pode também ser um problema, já que esta mesma luz pode "agitar" o cérebro em demasia, dando-lhe uma "instrução" inconsciente em "abandonar o ambiente" de luz excessiva, do mesmo modo como fazemos quando estamos na rua em dia de sol bem claro (exceto em uma praia claro, onde você por puro prazer pode passar prazerosamente quase o dia inteiro). Então, dependendo do tipo da necessidade do negócio a ser atendido, terá que se buscar uma iluminação no branco ou equilibrada com outros espectros de luz quente. O mesmo se aplica aos auditórios nas empresas e aos home theaters nas residências: neles, a Função da Luz é mais específica ainda, não pendendo nem para o destaque na decoração e nem para o auxílio em tarefas mas sim, como uma coadjuvante sutil em um evento maior, que é a apresentação visual do entretenimento a ser fornecido. Estes são apenas alguns dos exemplos para os vários tipos de erros que podem ser cometidos por decisões equivocadas e que também acontecem nos demais ambientes de uma residência ou empresa: cozinhas (principalmente as americanas), escritórios, lavabos, salas, banheiros, quartos (de bebês aí inclusos), áreas de produção, de estudo, de trabalho, de segurança, de palestras etc. Em todos estes casos, uma decisão errada lá atrás (normalmente de gosto pessoal) prejudicará todo um projeto luminotécnico - que deve se resguardar nas corretas especificações técnicas para aplicação exata da Luz nos mais variados ambientes.

- Tetos e paredes


Preste muita atenção aos desníveis em tetos e paredes que ocasionem 'ondas de luz' desformes e até mesmo, deixam algumas luminárias embutidas ou de sobrepor fixadas a eles tortas! Além disso, existe a preocupação com o espaço deixado entre o forro (gesso, madeira, pvc etc) e o teto de alvenaria (laje): equipamentos Led embutidos necessitam de um espaço mínimo para instalação de cada produto especificamente - a altura deles pode ser maior que o espaço deixado no forro. Existe também a questão da circulação do calor dentro do forro: quanto maior o espaço entre ele e a laje, mais protegido o equipamento Led estará. Peças de sobrepor que não são (apesar de poderem) para embutir em forros e sim, instaladas diretamente nas lajes rígidas, não sofrem deste problema pois o espaço para o seu respiro (troca de calor) está no próprio ambiente a ser instalado (área aberta). Sancas com fitas led também podem ser afetadas no seu uso por desníveis internos, torções, amassados e sujeira. São coisas que fogem completamente da responsabilidade do profissional em luminotécnica mas que afetam diretamente o seu trabalho!

-Luz do Sol


Se no local existe forte incidência da luz solar, deve-se saber que nada bate esta luz em luminância enquanto ela se fizer presente no ambiente. Os projetos que consideram este fator estabelecem um horário tardio para começar a medir com aparelhos o começo da atuação da luz em Led nos recintos, ignorando os períodos anteriores com luz solar pela simples ciência de que a luz natural em abundância não pode (nem deve) ser comparada indiscriminadamente com equipamentos de iluminação artificial. Portanto, muito cuidado para não exagerar na potência do produto em Led por confundir-se com a luz do dia emitida no mesmo ambiente em que você estiver observando um equipamento Led em funcionamento, principalmente se este estiver em um showroom ou loja de rua, com vidraças que recebam toda a luz de fora. Lojas assim neutralizam, "matam" por assim dizer a luz dos produtos expostos, dando uma falsa impressão de que eles são muito fracos ou ineficientes. E mesmo produtos Led expostos muito próximos uns aos outros, também interferem nas áreas que cada um deles poderia estar demonstrando atuar, gerando uma poluição luminosa local que impossibilitará você de fazer qualquer tipo de escolha visual (a exceção no design da peça). Nestas condições, nenhum tipo de comparação além do conhecimento técnico do produto oferecido deve ser feita, caso contrário, você poderá levar erroneamente um produto Led geralmente bem mais forte em iluminação/potência (watts) do que realmente necessitaria! 

-Empresarial e Residencial


Não saber distinguir a diferença entre o tipo correto de iluminação para uma casa ou empresa é um erro básico e, via de regra, muitos pensarão na iluminação de uma loja por exemplo como pensariam para os seus lares. Dependendo do tipo de negócio, a Luz tem papel até para dispersar rapidamente clientes do local, o que não deve acontecer óbvio com os nossos amigos ou familiares em nossas casas quando estivermos recebendo. Luz parece tudo igual mas, suas aplicações não.

-Áreas externas


Aqui a preocupação deve ser quanto ao nível de proteção a intempéries (chuva, sol, alagamentos etc), alcance do facho luminoso, efeitos desejados (cênico), alcance dos controles remotos (produtos em RGBs), fio terra entre outros. Iluminação de fachadas por exemplo requer atenção mais que especial por exigir produtos em Led de altíssima potência e focos muito bem definidos e calculados. É comum o erro por exemplo em comprar primeiro o equipamento Led para depois descobrir-se que não foram observadas antes estas questões, ao notar que o efeito desejado não se cumpriu ou foi impossibilitado por uma incompatibilidade técnica.

-Mais de 10 anos de Led no lixo!


Este tempo é o prazo que um bom Led pode durar em condições normais de uso. O que você vai fazer com um produto mal indicado que comprou? Jogar fora? Guardar? Doar? Ter cuidado com o que se adquire é a regra número um para economizar, além de fazer parte do Consumo Consciente.

-Iluminar com Led por conta própria!

Sem embasamento técnico, suas chances de erro, prejuízo e desperdício com o produto Led são de quase 100%. 


Em led a regra é a seguinte: se o vendedor ou atendente não conseguem suprir toas as suas dúvidas, não compre! Porque ele simplesmente também não sabe especificar ou o que é pior, quer empurrar-lhe qualquer coisa - mesmo para uma simples luminária de leitura em Led.

-Sobre a Planta 


A planta do imóvel é tão importante para o profissional em luminotécnica quanto para o arquiteto ou engenheiro. Quanto mais detalhada for, melhor (incluindo aí móveis e elementos decorativos). Disponibilize-a sempre que possível, seja através de um arquivo dwg (Autocad), pdf ou planta básica com simples medidas. O importante é ter sempre em mente ou anotado:

-medida linear da área (por exemplo uma sala de 5 metros por 4,50 metros)
-medida do pé direito do ambiente (aquela que vai do piso ao teto)
-tipo de ambiente a ser iluminado (se uma sala, cozinha, escritório, área de produção etc)
-número de pontos para instalação
-número de interruptores (quanto mais independentes, melhor)
-cor do piso do ambiente
-cor das paredes do ambiente
-textura/cor dos móveis
-posição de móveis
-posição de quadros e outros elementos decorativos
-idade dos usuários
-condições da elétrica do imóvel 

-condições da temperatura local
-condições da umidade local

Exagero? Pois saiba que se você contratar alguém que simplesmente ignore a planta e estas informações básicas para as aéreas a serem iluminadas com a tecnologia Led, ou esta pessoa desconhece completamente as regras para iluminação de ambientes com luz artificial ou, está preocupada apenas em vender e não atender-lhe como deveria! Neste caso, dê meia-volta e procure um profissional em luminotécnica.

-Sobre Normas Técnicas.



Cuidado com os projetos passíveis de fiscalização! Hospitais, Fábricas, Lojas, Escolas, vias públicas, Condomínios e muitos outros projetos que exijam normas técnicas a serem inspecionadas quando da sua correta implementação e fiscalização para a incidência correta da luz artificial, estão entre as atribuições dos profissionais em luminotécnica.

-Sobre o Escopo.


Na maioria das vezes, mudanças não previstas no foco de um projeto luminotécnico já finalizado trarão algum tipo de prejuízo financeiro ao cliente que, via de regra, não compreenderá muito bem porque isto ocorreu. Estudos americanos já apontaram que mais de 30% de algum tipo de projeto iniciado (luminotécnicos ou não) falharam ou não atingiram o seu objetivo inicial. Para garantir que o seu projeto de iluminação tenha pleno êxito, o profissional em luminotécnica deve estar totalmente integrado a equipe gestora/cliente responsável para apontar-lhes as "armadilhas" que podem ocorrer fora do seu alcance de visão (elétrica, hidráulica, alvenaria, design de interiores etc), sugerindo antecipadamente soluções para possíveis problemas ou conflitos e assim, refazer os cálculos adequados. Ele é o único e legítimo responsável em fazer com que os demais profissionais envolvidos em uma obra entendam qual é o seu papel dentro do projeto de iluminação. Cada projeto luminotécnico é único! Se o escopo luminotécnico ou mesmo o da planta como um todo forem modificados, prepare-se para uma alteração também nos prazos de entrega e custos (que em um projeto de iluminação ainda não finalizado, podem aumentar ou diminuir, dependendo o caso a ser corrigido).



Este é todo o diferencial de um Profissional em Luminotécnica: executar todos os pontos acima citados com o melhor custo-benefício e garantia para o seu cliente. A Codlux® te ajuda neste processo. Consulte-nos:

codlux.com/contato

A Codlux® é para todos. Projetos e produtos em Led acessíveis.


Robson Giro - especial para a Codlux® Luz em Led 


Codlux® - Luz em Led
Luz é Função! Estamos empenhados nisso. 

Baixe o arquivo em PDF desta postagem: 


LEIA TAMBÉM:
Erros grotescos na instalação

Como evitar?
O Paradoxo na Iluminação em Led

Os cuidados na "Função da Luz"
A Luz na Arte

Dicas para destacar e proteger a sua coleção 
Quais produtos em Led você mesmo pode aplicar?

O distanciamento nos deu dicas do que é fácil ou difícil na instalação 
APAGÃO "inteligente"

Livre-se disso!
Led UV-C:

Tudo o que você precisa urgentemente saber! 
Led: quando a desinformação vira Fake News!

Nem o LED ficou de fora da desinformação: entenda melhor as mentiras disseminadas sobre a Iluminação

Postagens mais visitadas deste blog

Faria Lima Plaza: o Batata floresce!

Olá! Dia 17 de Agosto é o Aniversário de nosso amado bairro de Pinheiros aqui na cidade de São Paulo . Preparamos este super post especialmente para você que deseja morar, trabalhar, se divertir ou mesmo conhecer um dos primeiros bairros da segunda maior cidade da América Latina em 2020, onde a população já passa dos 20 milhões e a riqueza gerada, beira a casa dos US$530 bilhões ao ano. E Pinheiros hoje ilustra bem este progresso todo: uma edição da revista Veja São Paulo de Janeiro de 2019 destacava em matéria especial, um grande empreendimento a ser erguido no Largo da Batata , região do bairro de onde está localizada a Codlux®: o  Faria Lima Plaza .  O projeto arquitetônico em questão é assinado pelo famoso escritório de arquitetura  Kohn Pedersen Fox Associates  (KPF), que tem vários outros 'skyscrapers' marcantes ao redor do mundo - imagens abaixo.  O Faria Lima Plaza tem o mesmo potencial em se tornar um grande e marcante ícone arquitetônico do mercado imobiliário pa

Lar Inteligente 360º

Olá! Durante quatro semanas, especialistas e fornecedores vão apresentar virtualmente temas inéditos e soluções tecnológicas. É o  Lar inteligente 360º , um projeto online da  AURESIDE - Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial . O objetivo é difundir conhecimento e promover debates com uma audiência seletiva e de forte influencia nos processos decisórios de projetos residenciais, tanto novos como na sua adequação de uso. Em todos os dias de palestras, haverão também apresentações de projetos, produtos e soluções para casas inteligentes e conectadas.  UM ENCONTRO VIRTUAL SOBRE TECNOLOGIA E O FUTURO DE NOSSAS CASAS! De 15 de setembro a 8 de outubro   Palestrantes:  Para conhecer melhor o programa e fazer sua inscrição gratuita, visite:   https://larinteligente.com.br/evento-online A Codlux® está acompanhando tudo e atualizará oportunamente esta postagem com as novidades mais importantes mostradas no evento, aguarde! ATUALIZAÇÃO EM 14/10/20 Acesse o resumo rápido do que j

Verão Codlux®

Olá!  😀  " Tava aflita já né minha filha?"   Pois ele chegou!!  Estamos no VERÃO ! 🌞 ✈️🏖🌊🤽‍♀️⚽️🏊‍♂️🍉🍸  Mesmo com a pandemia, Sabendo se Cuidar ,  dá para Aproveitar 👍🏻 E não se preocupe: a tecnologia Led economiza energia e também, não esquenta a iluminação de sua casa ou empresa. Mas, lembre-se de poupar toda água que puder nesta época de veraneio. Assim, não faltará recursos para continuar mantendo a sua higienização e de todos em dia. Rapidamente então, vamos aproveitar e lembrar aqui as melhores DICAS DE VERÃO  - novas ou já publicadas pelo Blog - para você se cuidar e cuidar bem de tudo na estação mais vibrante do ano. Também, atualizaremos esta postagem sempre que houverem mais informações e novidades. Acompanhe!  Como me previno do coronavírus no Verão? Estudos e especialistas especularam em Novembro de 2020 que o coronavírus teria mais dificuldade de se espalhar com a temperatura alta, resistindo bem menos tempo no calor. Isso porém foi colocado em dúvida n