Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2021

Bandeira Tarifária AMARELA em Fevereiro de 2021

 Olá!  O site da ANEEL anunciou ontem, dia 29 de Janeiro a bandeira tarifária para o mês de Fevereiro de 2021. Ela será mantida em  AMARELA  como no mês passado, num custo adicional de R$ 1,34 para cada 100 quilowatts consumidos por hora em sua casa ou empresa. A justificativa da medida foi o baixo nível de chuvas nos reservatórios para o período, que prejudicou a geração de energia nas hidrelétricas.  Então, continue atento: ter a bandeira tarifária mantida Amarela em Fevereiro não significa que a energia barateou e sim, que o custo adicional dela foi menor que o de Dezembro de 2020 por exemplo. O correto seria estarmos sob a vigência de uma bandeira tarifária Verde para continuar pagando de fato apenas a energia que consumimos. Mas, não foi desta vez que nos livramos destas cobranças adicionais. Por isso, continue economizando toda energia elétrica que puder. Um Abençoado 🙏 fim de semana para você 😁, sua família 👪 🐕 🐈 🐥 🐠 e Amigos 😎. Cuide-se ♥️  Codlux® - Luz em Led Luz é F

A Economia Circular no mercado da iluminação em LED

Olá! A Codlux® tem alertado seus clientes nos últimos dias sobre a ação de algumas instituições não parceiras e sem qualquer vínculo com a marca que, de maneira enganosa, tentam captar o customer portfolio  da empresa no oferecimento de soluções perigosas em retrofit - como por exemplo, uma tal "recarga de LED" para lâmpadas tubulares!  Aproveitamos aqui a oportunidade para também alertar a você: CUIDADO! Isto é uma FRAUDE!  Não existe - por enquanto - no mercado nacional ou internacional da iluminação em LED, procedimentos prontamente certificados para este tipo de 'solução'. O alegado reaproveitamento de antigos ou atuais equipamentos de iluminação em LED que por ventura apresentem defeitos ou, sejam destinados a um descarte, não existe para lâmpadas LED tubulares e outros tipos de luminárias eletrônicas. O que se oferece hoje de um modo geral - principalmente em videos no YouTube - são as famosas 'gambiarras', que tentam montar um 'quebra-cabeça' pe

Ericsson Telecomunicações, São José dos Campos

Olá! A fabricante sueca de equipamentos de telecomunicações Ericsson planeja manter os planos de investir R$ 1 bilhão na ampliação de sua fábrica em São José dos Campos (SP) para o desenvolvimento de uma nova linha de montagem, exclusivamente dedicada a produtos de tecnologia 5G  - e que serão posteriormente fornecidos para toda a América Latina.  O movimento deve acirrar ainda mais a competição nos setor com a finlandesa Nokia e a chinesa Huawei, que também têm fábricas no Estado de São Paulo e estão na corrida para liderar a implantação do 5G no Brasil. A  Huawei  inclusive recrutou o ex-presidente Michel Temer para defender seus interesses 5G no país. 23 redes 5G já em operação estão usando a tecnologia da Ericsson  por aqui e, o grupo assinou outros 80 acordos no mundo. A empresa é a única que tem redes 5G funcionando em todos os continentes. Em Janeiro de 2021, a operadora de telefonia australiana Telstra , em parceria com a  Ericsson  e a Qualcomm , estabeleceu um novo recorde

Volta às Aulas 2021: os cuidados com a luz UV-C!

Olá! A volta às aulas presenciais está marcada para 1º de Fevereiro pelo Governo de São Paulo - independentemente da classificação das cidades no Plano São Paulo de combate ao coronavírus.  O secretário estadual de educação, Rossieli Soares , disse à CNN Brasil dia 15 último que "... prevê-se a permissão de atividades presenciais mesmo em caso de bandeira vermelha, com sete, oito, dez alunos por sala na formato de rodízio" . Ele defendeu o retorno às aulas "em ambiente controlado, não solto na rua, na praia, em festa com adolescentes; fechando as outras 'coisas' para que as escolas funcionem... se tiver que fechar a escola, que seja a última coisa a ser fechada" .  Professores e funcionários reclamam da medida: as entidades que os representam defendem a revogação da proposta. O temor dos profissionais é meio que justificável: um relatório do Tribunal de Contas do Município (TCM) revelou que em 2019:  - quase 26% das escolas municipais não tinham papel higi