Pular para o conteúdo principal

O Led e o Sabor

Olá! Você sabia? Pesquisadores afirmam que alimentos "brilhantes" tem melhor sabor!



Experimento realizado por cientistas em um requintado restaurante holandês observou que, se seus clientes fizerem a degustação sob efeito de uma luz ambiente mais brilhante, perceberão o sabor dos pratos com mais intensidade, em comparação a aqueles expostos à uma luz bem mais fraca. As descobertas podem forçar a um repensar de como os light designers, donos de restaurantes e também profissionais do setor da alimentação e hospedagem, projetarão a sua iluminação de agora em diante. 



Na experiência, a equipe da Universidade de Maastricht manipulou a intensidade da luz local neste restaurante, adaptando níveis de iluminância em lâmpadas pendentes de 55W (luz branca quente em 3000K) acima de cada mesa. Na condição de luz fraca, a iluminância foi fixada em 13 lx (Lux) e, na condição de luz mais 'brilhante', a luminância foi fixada em 300 lx. Dependendo do dia em que os convidados visitassem o restaurante, eles eram redirecionados a um outro ambiente, com condições de luz ou fraca ou forte. No total, 152 pessoas participaram do estudo. Todos receberam um prato especial que continha os quatro sabores básicos (sal, azedo, doce e amargo) e também, texturas múltiplas como elementos crocantes e cremosos, sendo que tudo estava o mais equilibrado possível. O prato poderia ser consumido em duas ou três mordidas. Os comensais foram então solicitados a avaliar individualmente a percepção geral da intensidade de sabor em seu prato, numa escala de satisfação de até nove pontos. Os participantes sob efeito de uma condição de luz ambiente brilhante avaliaram o sabor geral de seus pratos como 'mais intenso', em contrapartida àqueles sob uma condição de luz ambiente fraca. No entanto, a intensidade da luz não teve efeitos quanto a qualidade do alimento na intensidade geral do sabor percebido.

Estas descobertas são equivalentes a pesquisas feitas anteriormente sobre 'sabor e iluminação', que já demonstraram também haver percepções mais baixas em alimentos doces e salgados servidos em ambientes escuros e, uma maior intensidade no sabor destes mesmo alimentos (principalmente os doces) em ambientes melhor iluminados. Luke Garnsworthy, fundador do restaurante Crockers Tring com sede em Hertfordshire, afirmou durante a pesquisa que:

"... uma boa iluminação é vital porque 'o primeiro gosto' é com os olhos. É por isso que grandes chefs vão tão longe para criar não apenas comida saborosa, mas pratos bonitos. Na minha opinião, faz todo o sentido iluminar a mesa e, portanto, o prato adequadamente. Queremos que nossos convidados possam festejar com os olhos e também, compartilhar as fotos dos pratos com os seus amigos."


Então como sempre recomendamos aqui no Blog da Codlux®, já sabe: luz focal 'amarelinha' em 3000K forte o suficiente na iluminação da sala de jantar para que ela não só destaque as cores e textura de seus lindos pratos como também agora, reforce a percepção de sabor nos alimentos servidos a sua família e os convidados.

Mais detalhes da pesquisa científica você lê AQUI

COMO PODEMOS MELHORAR ESTA PERCEPÇÃO DE LUZ AGORA MESMO? 



Tanto nos projetos luminotécnicos desenvolvidos exclusivamente pela Codlux® a residências e empresas quanto para aqueles entregues a nós para uma especificação de produtos, o espaço 'serviço/convivência' em cozinhas, copas, salas de jantar, churrasqueiras, varandas gourmet, refeitórios, lanchonetes, cantinas, bares ou restaurantes são cuidadosamente analisados pelos profissionais da empresa quanto a sua verdadeira função no uso da iluminação em Led. Nesta publicação*, você verá exemplos de alguns atendimentos neste sentido oferecidos a nossos clientes. Comecemos por este simples exemplo abaixo:  

*Importante: todas as imagens deste post são anteriores a 2020 - portanto, tiradas antes do inicio da crise do coronavírus. 

A Kuka Vai Pegar 



A Kuka Vai Pegar foi um charmoso Café-Bar da Baixa Cardeal, ao lado da Codlux®. A proprietária, antiga chefe de cozinha do famoso Pitico (localizado na Rua Guaicuí, em Pinheiros) quis dar um ar bem familiar ao lugar: durante o dia, comidinhas leves e culinária do Sul, com suas cucas e bolos deliciosos. À note, o atendimento já tradicional para os bares da região com cervejas, bebidas, salgados e porções veganas. A iluminação bem medida ficou a cargo de Marcos Britto

A proprietária reaproveitou pendentes que eram pessoalmente muito significativos para ela. Pintados de preto, foram colocadas lâmpadas PAR20 em 3000K no bocal E27 para que a luz projetasse bem o balcão a noite. 






As lâmpadas Led PAR 20 em 3000K são tão 'frias' (não esquentam como as outras) que delicadas plantas e flores puderam se colocadas no balcão logo abaixo delas, destacando ainda mais seu charme e sua cor. 




Com a salada de frutas aconteceu a mesma coisa! 



A pimenteira também se deu muito bem com a luz Led em 3000K. 



Na estufa foi colocado um PCB Led em 3000K com 60cm, para dar mais percepção visual de sabor aos deliciosos salgados. 



Já a luz do dia dava conta do recado ao iluminar quitutes como bolos e mini salgados (abaixo). Mas, repare: a luz do Sol, que pode atingir faixa de até 6500K é uma luz branca fria, uma luz que serve principalmente para ativar o ritmo circadiano humano nos afazeres diários. Não é uma luz de destaque "branca quente". 





Conforme entardecia, as luzes Led em 3000K do balcão eram acesas para aumentar o brilho nos alimentos. 




A Torta de Banana, um dos destaque do Café Bar, chamava agora muita atenção sob a luz Led em 3000K. Se esta luz fosse em 6000K, a saborosa torta estaria 'opaca'. 






A mesma coisa aconteceria com os também muito procurados Bolo de Maracujá, Bolo Gelado, Bolo com Goiabada e Torta Especial: não aparentariam ser tão apetitosos assim se estivessem sob a 'nata branca' vinda de uma luz Led em 6000K. Mas, sob uma luz Led em 3000K, tudo muda: 







Já na área de serviço, embutidos de Led 18W em 4000K iluminavam a produção. 



Também, spots Led 7W em 6000K acima da bancada eram acionados para quando houvesse a necessidade de mais luz no serviço.   



O 'tempero' da luz em Led 4000K com a luz em Led 6000K, deixava os ingredientes das receitas mais viçosos - diferentemente se fosse usada apenas uma luz Led em 6000K, que criaria 'natas brancas' sobre os itens de receita e não chamaria tanta atenção pra a percepção de sua 'qualidade visual'. 



Outra grande vantagem no uso da iluminação em Led para o preparo e exposição de alimentos frescos é a baixíssima emissão de calor que ela gera. Mesmo produtos industrializados como chocolates ou manteigas, não derreterão no Led como aconteceria com outras lâmpadas, que também emitem forte calor junto a sua luz. Com a iluminação em Led é diferente: ela dissipa o (calor gerado ao converter a energia elétrica consumida em luz) através dos seus dissipadores. Isto torna os ambientes mais frescos, ventilados e consequentemente, menos danosos aos ingredientes alimentícios. 



Neste Café-Bar, um pequenino salão também era utilizado para que os clientes se reunissem em atividades culturais (antes da pandemia) ou mesmo, em auxílio a produção extra. Foi colocado em cada arandela de madeira pintada de branco, uma lâmpada Led T5 Calha em 6000K para distribuir luz indireta branca fria no teto. Ao centro, um sobrepor Led 24W em 3000K foi instalado para 'aconchegar' o ambiente e dar 'brilho' aos alimentos nas mesas. 




Os drinks preparados a noite também ficavam mais 'vivos' com a iluminação Led em 3000K sobre o balcão. 





Fitas Led em 3000K também destacavam as prateleiras de bebidas quentes que, 



junto aos spots para movelaria de 1W em 3000K, 'acendiam' a pintura geométrica colorida das paredes. 



Uma fita Led RGB (colorida) foi instalada abaixo do tampo do balcão para dar o aspecto 'ice' típico de baladinhas, logo na entrada. 




Hoje, este espaço não existe mais: no final de 2018, sua proprietária voltou para a Região Sul do Brasil, reabrindo um novo negócio em Camboriú, Santa Catarina. A Kuka vai Pegar deixou em todos nós do Largo da Batata uma enorme saudade, junto com aquele gostinho de "Quero Mais!". A extrema delicadeza de seu cardápio, iluminação ambiente e atendimento servem hoje como um belo exemplo de que, não é preciso gastar muito para ter em casa ou na empresa o efeito da boa Luz na alimentação. E, com o Natal chegando, pense também na apresentação de suas Ceias de Fim de Ano!

A maioria das fotos destes alimentos foram tiradas na época sob a incidência da Luz em Led local. 



Veja outros atendimentos da Codlux® para você inspirar-se na sua cozinha! 

A decoração da casa pode envolver muitos outros detalhes desapercebidos. Por exemplo, as cozinhas também são parte importante no design de interiores. Muitas pessoas podem ignorar isso e, como resultado, acharão que cozinhar não é algo tão agradável assim ou mesmo, começar a odiar ter que cozinhar. A iluminação de superfície e a iluminação de embutir na sua cozinha podem ter uma boa relação custo-benefício se, a escolha do equipamento ideal for feita sob medida para você.

RESIDÊNCIAS 

Apartamento no Butantã 

Neste projeto, a mesa que divide cozinha e sala ganhou spots trilho brancos com luz Led em 3000K. A vantagem deste tipo de equipamento é a precisão e flexibilidade na direção do 'alvo' a ser iluminado. Flores e frutas alcançadas por esta temperatura de cor ficam ainda mais vividas. 



Na cozinha, um sobrepor Led fornece a iluminação necessária no preparo da comida mexicana. 




Com tudo pronto, os spots Led em 3000K 'acendem' a mesa, 



recebendo o serviço para os convidados com uma luz vbrante. 



Agora, a Guacamole está realmente irresistível! 



Residência no Butantã 

Já na cozinha desta residência, a moradora de idade avançada teve especificada como luz de serviço, painéis Led sobrepor em 6000K, mais claros e melhor indicados para enxergar piso e utensílios. 




Apartamento em Barueri    

Em Barueri, a Codlux® realizou um retrofit completo neste apartamento. Na cozinha, o destaque é a lâmpada Led T5 com Calha em 6000K, que ajuda na higienização e preparo dos alimentos. 






Apartamento em São Paulo

Os spots Led em 4000K no teto desta cozinha realçam o amarelo dos armários. E, se for preciso ainda mais luz, é só ligar os dois embutidos Led redondos, também em 4000K. 



Apartamento em Congonhas 

A belíssima sanca com fita Led em 2700K deste apartamento cria uma luz rebatida charmosa  junto a mesa de jantar da família. 



Na cozinha do apartamento, canaletas Led espaciais em 3000K embutidas na movelaria auxiliam o balcão para refeições rápidas. 



Apartamento na Baixada Santista 

Spots trilhos bem disfarçados de branco para não chamar tanta atenção assim na pequena sala de jantar. Esta foi a solução encontrada pela arquiteta e com produto especificado pela Codlux® para este apartamento. 



Apartamento em São Paulo 

Neste outro retrofit, lâmpadas convencionais foram substituídas por equivalentes Led em 3000K, evitando assim o descarte prematuro do belo lustre com pedrarias acima da mesa de jantar. 



Apartamento no Ipiranga  

Aqui, spots de sobrepor e spots trilho Leds em 3000K preservam os tons da madeira nos armários da cozinha. 





A lâmpada Led T5 Calha em 4000K ajuda na preparação/manipulação de alimentos na pia e também, preserva o tom do revestimento pensado no design de interiores.



Apartamento na Aclimação

Igualmente neste apartamento, a madeira é preservada pela incidência de uma luz em Led correta na sua superfície. Um embutido Led retangular em 6000K no teto e perfilados Led em 3000K tanto nos nichos das prateleiras, 




quanto no Bar, garantem o exato tom pensado pelo proprietário na escolha da movelaria. 


Os pendentes na Área Gourmet e também na cozinha acompanham lâmpadas Led filamento em 3000K de baixa potência, que iluminam suavemente as mesas sem esquentar ou ofuscar a visão, como seria se fossem as tradicionais lâmpadas de filamento carbono. 




Condomínio na Bela Vista 

A área social deste edifício de apartamentos próximo a Avenida Paulista teve um belo interior desenhado pela arquiteta. A Codlux® especificou os embutidos e sancas no teto de gesso e as iluminação auxiliar para a copa, além dos pendentes para a área de churrasqueiras. 




Apartamento em Perdizes 

No projeto deste apartamento em São Paulo, embutidos e spots Led em 4000K iluminam e destacam o belo piso de madeira. 





Residência no Brás  

Spots embutidos bem distribuídos neste espaço de lazer longilíneo criam uma profundidade aconchegante com sua luz Led em 3000K. 




Apartamento em São Paulo 

Na pia deste apartamento, a canaleta 90º espalha bem a luz Led em 3000K para auxiliar os usuários. 



EMPRESAS (BARES, RESTAURANTES E HOTÉIS)

Luz Led em ambientes de degustação também pede alegria, teatralização, dramaticidade e destaque nas formas e cores, além de estar a serviço dos colaboradores no preparo dos alimentos. A pesquisa da Universidade de Maastricht mostrou que, toda luz na área de alimentação - seja no trabalho ou no entretenimento - tem que levar em consideração uma minimamente 'boa apresentação dos pratos'. Porque, o termo "comer com os olhos" só terá mesmo sentido se o observador estiver sob efeito de uma luz que, adequadamente, desperte nele o verdadeiro senso de sabor. Esqueça então a partir de agora, uma luz exageradamente branca sobre o seu prato. Use sempre uma luz em Led branco quente - algo entre o 2700k e o 4000K. Você notará drasticamente a diferença! Abaixo, acompanhe alguns destaques para áreas de alimentação nos projetos encomendados a Codlux®. 

El Pachuco Pinheiros





Simbalaê Bar




Hangar Pinheiros






Sucos Ramov 



Jeca Vila Gastronômica 



Bar na Consolação



Restaurante Brigadeiro



Restaurante Tangerina 



Restaurante Trapiche 






Tio Shawarma



Sul Bar

The Burger OX



Dama Paulista Pães e Doces



Dona Deôla Padaria & Cia




Chocolates Genebra






EMPRESAS (CORPORATIVO, OUTROS)

Gerdau 





Hotel Bourbon Ibirapuera 




Studio Bello Visual 




SOBRE A LUZ UV-C NA DESINFECÇÃO DE AMBIENTES E UTENSÍLIOS

Como vocês repararam e avisamos logo no início da publicação, todas estas imagens foram obtidas antes da crise do coronavírus. A luz em Led nos vários espectros convencionais para uso residencial e comercial (3000k, 6000k, RGB etc) não serve para desinfectar/matar patógenos (vírus e bactérias). Somente a luz UV-C (ultra violeta banda C) no comprimento de onda correto consegue isso. Mas, a luz Led em 6000K é excelente para podermos enxergar bem o alimento em sua higienização, manipulação e posterior preparo por exemplo, como vemos no vídeo abaixo: 



Os cuidados no manuseio da luz UV-C devem ser extremos: não pode haver pessoas, animais ou plantas no local e, o manipulador da luz UV-C deve estar devidamente protegido com o seu EPI (equipamento de proteção individual).

A atual linha de produtos UV-C - disponível somente no mercado internacional - destina-se a hospitais, escritórios, galpões e grandes áreas, onde sua manipulação se dá ou por robôs autônomos ou, com uso de luminárias inteligentes que dispensam a ação humana. O mercado de desinfecção UV-C para residências e empresas menores ainda está em pleno desenvolvimento, por envolver muitos riscos as pessoas. Nos Estados Unidos por exemplo, empresas já estão sendo processadas por propaganda enganosa: prometem proteção total a COVID-19 com varinhas UV-C milagrosas, usadas manualmente para 'limpar' equipamentos eletrônicos e alimentos. E existem também as responsáveis, como a Signify (Philips Iluminação), que já vende equipamentos UV-C domésticos como este, similar a um micro-ondas. 



Ele só estava a venda em alguns países asiáticos, sem disponibilidade em países ocidentais. Mas, no final de Novembro de 2020 isto mudou: agora, o equipamento também pode ser comprado no Brasil diretamente da loja virtual da Philips no país - veja mais detalhes AQUI. Leia a declaração da Philips sobre o produto AQUI. De qualquer modo, aconselhamos a NÃO USAR nenhum outro equipamento desinfectante UV-C nos alimentos, sejam eles naturais ou industrializados. E, se tiver algum equipamento UV-C em mãos para ser usado em sua casa ou empresa parecido com este vendido agora pela Philips



use-o com cuidado: deixe ligado no tempo programado (de preferência, de um dia para o outro) e sem pessoas, animais ou alimentos por perto. Você pode ler mais a respeito da luz UV-C AQUI

A RECEITA SECRETA PARA ILUMINAÇÃO DE RESTAURANTES 

Por Brett Andersen

Originalmente publicado em 5 de Dezembro de 2018 

Após uma pesquisa em mais de 50 restaurantes de Manhattan, o autor compartilha sua fórmula. Acompanhe: 

Na Focus Lighting, projetamos iluminação para restaurantes em todo o mundo há mais de 30 anos. Comecei a me perguntar se poderíamos nos esforçar ainda mais. Queríamos fatos e por isso, decidimos ampliar nossa compreensão da experiência do restaurante e o importante papel que a iluminação desempenha: por meio de extensa pesquisa, experimentação interna e análises sistemáticas de restaurantes reais, começamos nossa busca contínua para descobrir: qual é a receita secreta? 



A pesquisa começou examinando livros, monografias de design, Internet, história da iluminação de restaurantes e psicologia do design. Também experimentamos diferentes tratamentos de iluminação em nosso laboratório de luz. Decidimos posteriormente também sair do escritório e ver com os nossos próprios olhos o que os clientes de restaurantes estavam experimentando, desenvolvendo então um método próprio de levantamento da qualidade da iluminação em cada um dos restaurantes visitados. 

A pesquisa foi dividida em três eventos distintos:
-1) a primeira impressão;
-2) a experiência de jantar; e
-3) a viagem inevitável ao banheiro.


Em seguida, pensamos sobre as influências que afetam essas experiências e desenvolvemos perguntas refletissem isso, onde a última delas nos rendeu os dados mais interessantes: "Do que você se lembra mais?" 



Supomos que os restaurantes mais bem avaliados provavelmente incorporariam uma iluminação projetada mais apropriada. Procuramos o Zagat, o Trip Advisor e o Yelp, que usam sistemas de classificação de cinco estrelas orientados por avaliações de clientes “regulares” , e não críticos profissionais, eliminando os locais abertos recentemente cujas pontuações podem ser influenciadas por serem “Hits”. A lista chegou a mais de 50 restaurantes de Manhattan a serem visitados. Passamos os dois meses seguintes pesquisando esses restaurantes. Por meio dessa experiência única, pudemos identificar os seguintes 'ingredientes' que ajudam a tornar uma noite em um restaurante ainda mais memorável. 

Comece com uma ótima primeira impressão 



Os light designers podem proporcionar mais impacto na experiência geral do cliente, apresentando a 'história' daquele restaurante e definindo o tom para toda a noite. E embora a maioria dos restaurantes tenha recebido reações positivas ou, pelo menos, neutras neste sentido, ficamos surpresos ao ver que nossa equipe respondeu negativamente em um terço deles. Vimos uma série de erros graves: em alguns restaurantes, a chegada era totalmente desconectada do resto da experiência gastronômica, a ponto de você não ter clara certeza de estar entrando no restaurante certo. Outros eram muito escuros ou, iluminavam coisas sem importância. Os restaurantes que aproveitaram efetivamente a oportunidade da primeira impressão o fizeram de maneiras diferentes. Às vezes, era um elemento de design único e marcante. Em outros casos, era uma composição agradável olhando para o restaurante. E, ainda outros, criaram uma sensação de surpresa; um restaurante até criou uma loja de penhores em funcionamento e a usou como vestíbulo de entrada. Essas observações reafirmam uma pesquisa da Kaplan e Kaplan, em um artigo de Bob Davis em 2013: os Kaplans afirmaram que duas variáveis ​​ambientais determinam amplamente a reação de alguém a um espaço: coerência e complexidade. Portanto se, ao entrar em um restaurante os clientes não tiverem luz suficiente para entender o espaço e portanto, esta observação lhes parecer incoerente, provavelmente eles reagirão negativamente. A resposta será semelhante se o design de iluminação for muito regular ou muito brando. Se por outro lado os designers criarem uma experiência em que os clientes podem ver e reconhecer, ficarão intrigados, engajados e com desejo em explorar mais. Esse é o real objetivo dos designers - caminhar nessa linha tênue e encontrar o equilíbrio perfeito entre coerência e complexidade. E isso torna a primeira impressão o primeiro ingrediente chave da nossa receita. 

Evite a zona de perigo

A maior reclamação de iluminação em restaurantes é que as pessoas não conseguem ler seus menus. Vimos pessoas usando lanternas ou telefones em 18% dos restaurantes pesquisados. No entanto, considerando que muitas de nossas reservas estavam no lado mais claro, quando há menos hóspedes e quando a iluminação está geralmente com um maior valor, o número real é provavelmente mais próximo de 40-50%. Então, de quanta luz realmente precisamos? Bem, o IES (Illuminating Engineering Society) recomenda 65 lux na mesa de jantar (dependendo a idade do cliente) - mas apenas 16% dos restaurantes atingiram esse brilho. Na grande maioria dos restaurantes, 75%, tinha níveis de iluminância significativamente mais baixos - abaixo de 14 lux no prato de jantar. Nenhuma surpresa até aqui: os restaurantes estão realmente muito escuros! Mas, quão escuro é 'escuro demais'? Conforme examinamos o conjunto de dados e começamos comparar a aparência dos alimentos e os níveis de iluminância, fomos levados a definir o que chamamos de “Zona de Perigo”: qualquer coisa abaixo de 5 lux. Abaixo desse nível, mesmo uma pessoa de 20 a 30 anos não pode ver claramente o que está comendo (muito menos ler um menu). Algo inaceitável em nossa opinião. 

Use um destaque personalizado 



Uma maneira fácil de fornecer luminância suficiente para uma mesa é utilizando pendentes ou downlights (embutidos tipo COB). Mas muitas vezes há discussões sobre os méritos da iluminação de destaque - algumas pessoas amam, outras odeiam. Dos restaurantes que pesquisamos, 29% (16 restaurantes) não as usam, contando com uma luz ambiente mais 'generalizada'. E desses, 16, 44% tiveram níveis de luz dentro da 'zona de perigo'. Isso confirmou para nós o papel claro que os downlights podem desempenhar em garantir níveis de luz mais adequados, nos levando também a trabalhar para identificar uma solução de 'downlight ideal' - o que chamamos de "destaque personalizado". Com base na pesquisa consideramos como opção mais eficaz aquele downlight que está centralizado sobre a mesa, livre de uma viga e posicionado no meio da placa de gesso ou pvc. Isso iluminará o centro da mesa e seus pratos em níveis de contraste não muito grandes, de modo que os convidados possam ver sua comida e também o menu. E, um convidado com os cotovelos sobre a mesa poderá ainda inclinar-se, sem iluminar sua testa ou causa 'sombras' pouco atraentes. 

A cor da mesa é importante 



A maioria dos designers de interior de restaurantes reconhece o benefício que uma toalha de mesa branca tem para suavizar a luz no rosto dos hóspedes. Mas, como nem todos os restaurantes querem esse visual, estudamos a influência da cor da mesa e seu acabamento na luz sobre o serviço. Começamos simulando um "destaque sob medida" sobre uma mesa com uma toalha preta, medindo a luz refletida que atingisse os rostos dos clientes: era de apenas 2.15 lux. Porém, com uma toalha de mesa branca sobre a mesa com a mesma iluminação, a iluminância saltou para quase 77 lux! Isso significa que, uma toalha de mesa branca reflete 35 vezes mais luz do que o preto. Mas, se o projeto exige mesas pretas, nem tudo está perdido - simplesmente escolhendo pratos brancos, o nível de luz nos rostos dos convidados vai de 2.15 lux para 23 lux (ou, cerca de 11 vezes mais luz). 

Escolha a vela certa 

Claro que, lançar luz eletrônica sobre as toalhas de mesa não é a única maneira de iluminar o rosto dos clientes.



Velas também têm sido usadas na mesa de jantar desde os primeiros restaurantes na história. Isso ocorre porque elas podem dar uma contribuição substancial para a experiência de jantar, adicionando ambiente, cenas, pontos focais na área e redução a dependência de detalhes de mesa perfeitamente alinhados. A luz emitida por esses pequenos candelabros não só ilumina a mesa dos convidados como lança a mais bela luz em seus rostos. Isso nos fez medir quanta luz as velas realmente podem emitir: uma vela a 30 cm de distância de uma pessoa sentada fornecerá 10 lux. No entanto essa suposição lógica pode estar errada porque, que nem todas as velas são iguais. 



Sabendo muito especificamente a saída de luz para cada tipo de vela, podemos determinar que elas geralmente entregam entre 5 a 10 lux no prato e entre 3 e 5 lux no rosto de um cliente. A inclusão de uma vela bem escolhida pode então realmente fazer uma enorme diferença. 

Aproveite o brilho do destaque na iluminação ambiente 

Embora as velas não possam eliminar a necessidade de luminárias, uma boa combinação de iluminação ambiente e de destaque certamente poderá. Camadas adicionais de destaque e iluminação ambiente ao redor da mesa de jantar costumam se combinar para criar um nível de luz que pode suavizar as sombras da iluminação do teto, tornando a vista dos convidados mais dramática e visualmente interessante. 

Descobrimos que isso funciona melhor se você:

-Criar camadas de luz para adicionar riqueza e complexidade 
-Equilibrar a luz com cuidado para criar composições agradáveis 
-Der a todos algo interessante para ver 
-Criar uma sensação de lugar 
-Usar controles 


Pequenos ajustes são extremamente importantes na iluminação de restaurantes. Quando estamos falando sobre como criar um equilíbrio de luz na mesa do teto como velas e iluminação de destaque e ambiente - e todos os níveis de luz abaixo de 15 lux combinados - até mesmo um pouco de imprecisão vai arruinar a aparência de um restaurante. A única maneira de definir e repetir essas configurações muito precisas é com um sistema de controle de iluminação computadorizado - que é essencial para obter a receita secreta certa. 

Torne os banheiros memoráveis 

Com base nos dados da pesquisa, é justo dizer que, de todas as experiências, a ida ao banheiro foi a menos memorável. Das 250 'memórias' coletadas dos clientes um mês apósas pesquisas, apenas quatro lembravam do banheiro. Isso aponta para uma oportunidade tremenda, muitas vezes perdida, de usar o design de iluminação para contar outra parte da história do restaurante - seja tornando os banheiros surpreendentes, cênicos ou, um pouco divertidos. 

Obviamente, há muitas coisas envolvidas na criação de uma experiência memorável em um restaurante. A pesquisa e experiência entretanto recomendam certos ingredientes-chave. Se você começar com aquelas que relatamos aqui, você estará no caminho certo para tornar esta receita secreta agora só sua. 

A NOTA

André Rochadel, colunista do site Metrópoles, também fala sobre 'segredos de restaurantes' com estas  excelentes dicas a seus proprietários: 


"Sem qualquer demagogia, enquanto chefiei cozinhas nunca deixei que o 'nome' de um cliente ditasse o meu trabalho. Sempre fui categórico com a equipe de salão: 'Não me avise quem é o cliente. Para mim, não faz diferença se é alguém que juntou seis meses de salário ou se é a 'Rainha da Inglaterra', quero que eles tenham a melhor experiência que posso proporcionar'. E isso é tão verdade que maîtres e garçons pararam de me sinalizar para “ter cuidado”. É também muito comum mandar brindes para mesas de clientes considerados 'especiais' e com isso, a maioria dos chefs deixa a cozinha mais 'tensa' já na entrada das famosas cortesias. Mas, 'mimos' excessivos podem ser incômodos. A verdade é que todos os clientes deveriam ser tratados igualmente. Não importa se a pessoa é 'podre de rica', muito poderosa ou famosa. Um tratamento especial sempre começa com mimos sendo enviados para as mesas. Como alguém que já ganhou muito destas cotas, posso dizer: corre-se o risco de causar um certo incômodo. Já me encontrei na situação de não estar com muita fome (ou sede) e receber itens a mais, o que me deixou bem desconfortável em não consumi-los. Outro ponto é o cuidado excessivo, onde é comum o chef ficar um tanto quanto neurótico com essas 'mesas especiais' e estressar os funcionários na cozinha além do normal, cobrando muito dos cozinheiros e, pior, se descuidando das outras mesas. Em vários casos o chef toma até o lugar do cozinheiro no preparo de alguns pratos! A verdade, sem floreios, é que a grande maioria da equipe de salão costuma ficar desesperada com esse tipo de cliente. Como resultado, muitas vezes acaba dando atenção excessiva e incômoda a eles, além de ficar pressionando a cozinha para que o 'pedido do famoso' saia mais rapidamente. Também ao meu ver, uma exceção é se a pessoa é um crítico gastronômico. Neste caso sim, a atenção precisa de fato ser redobrada pois, como todos sabem, somos passíveis de erros. Aí é realmente válido o chef checar em absoluto tudo que é feito e revisar 100% dos trabalhos de sua equipe, uma vez que o resultado final entregue deve ser exatamente o padrão da casa. Uma crítica negativa divulgada na mídia, dependendo de quem partir, pode arruinar um restaurante inteiro."


Nós da Codlux® acrescentamos: uma má iluminação pode sim rebaixar um pouco a boa nota de seu estabelecimento. Cuide para que isso seja evitado! Fale conosco: 

codlux.com/contato

Robson Giro, especial para a Codlux® - Luz em Led

Fontes: Lux Review, The Thelegraph, IES - Illuminating Engineering Society, Metrópoles 

Codlux® - Luz em Led

Luz é Função. Estamos empenhados nisso. 
LEIA TAMBÉM: 

O Led na produção da cozinha comercial
Restaurante Brigadeiro

Tudo Novo de Novo!
Dona Deôla

Unidade Lapa
Genebra - Chocolates Finos

Unidade Bom Retiro
Bourbon Convention Hotels 

Unidade Ibirapuera
Hangar Pinheiros

Baixa Cardeal, Largo da Batata 
Os Hit Points de Pinheiros!

Atendendo bares e comidinhas da região 
Casa Montana

Unidade Várzea Grande, MT

Gerdau


Enchendo os refeitórios de Luz (parte 1)

Enchendo os refeitórios de Luz (parte 2)

Canaleta em barra da Codlux®
O Led e as Plantas

O Led na Alimentação VERDE!
Criação animal com Led

O que ela pode nos ensinar?
As Vantagens da Luz em Led Para a Sua Saúde

A aplicação de equipamentos Led no trato de nosso corpo e bem estar 
Lux/Lumens Calculator: How Much Light Do You Need?

Postagens mais visitadas deste blog

O Batata floresce!

Olá! Dia 17 de Agosto é o Aniversário de nosso amado bairro de Pinheiros aqui na cidade de São Paulo . Preparamos este super post especialmente para você que deseja morar, trabalhar, se divertir ou mesmo conhecer um dos primeiros bairros da segunda maior cidade da América Latina em 2020, onde a população já passa dos 20 milhões e a riqueza gerada, beira a casa dos US$530 bilhões ao ano. E Pinheiros hoje ilustra bem este progresso todo: uma edição da revista Veja São Paulo de Janeiro de 2019 destacava matéria especial sobre um grande empreendimento a ser erguido no Largo da Batata , região do bairro de onde está localizada a Codlux®: o  Faria Lima Plaza .  O projeto arquitetônico em questão é assinado pelo famoso escritório de arquitetura  Kohn Pedersen Fox Associates  (KPF, que tem vários 'sky scraper' marcantes ao redor do mundo) e, tem potencial para se tornar um grande ícone do mercado imobiliário. A localização, trata-se do último terreno vazio no Largo da Batata :

Trilho Suspenso: Solução simples e sofisticada

Olá! #AdequaçãoEdesenvolvimento :  qual empresa em iluminação oferece isto a todos os seus clientes de maneira incondicional? Seja em sua casa ou empresa, a Codlux® vai aonde nenhuma outra pode (ou não quer) ir: solução para aquilo que está em sua mente, adaptada as disponibilidades atuais do mercado e sem custos exorbitantes - você simplesmente não tem que pagar a mais por isto.Nosso Atendimento e Pós-venda estão fazendo a diferença para centenas de clientes atendidos, como o do caso deste video, que queria também em seu projeto um simples trilho eletrificado, pousado longe do teto, acima de sua mesa de jantar no terraço mas com sofisticação, sem cabos ou fios aparentes. O expertise dos profissionais da Codlux® no mercado da iluminação foram fundo: do design a fabricação do produto, passando pelo conhecimento certo dos insumos para encontrar a finalização perfeita, de bom gosto e com muita resistência. Esta é a Codlux®. Luminotécnica e design acessível a você!

Lar Inteligente 360º

Olá! Durante quatro semanas, especialistas e fornecedores vão apresentar virtualmente temas inéditos e soluções tecnológicas. É o  Lar inteligente 360º , um projeto online da  AURESIDE - Associação Brasileira de Automação Residencial e Predial . O objetivo é difundir conhecimento e promover debates com uma audiência seletiva e de forte influencia nos processos decisórios de projetos residenciais, tanto novos como na sua adequação de uso. Em todos os dias de palestras, haverão também apresentações de projetos, produtos e soluções para casas inteligentes e conectadas.  UM ENCONTRO VIRTUAL SOBRE TECNOLOGIA E O FUTURO DE NOSSAS CASAS! De 15 de setembro a 8 de outubro   Palestrantes:  Para conhecer melhor o programa e fazer sua inscrição gratuita, visite:   https://larinteligente.com.br/evento-online A Codlux® está acompanhando tudo e atualizará oportunamente esta postagem com as novidades mais importantes mostradas no evento, aguarde! ATUALIZAÇÃO EM 14/10/20 Acesse o resumo rápido do que j