Pular para o conteúdo principal

A Força do Led na Terra! E na sua Casa...

Olá! Vamos falar um pouco do poder de iluminação que a tecnologia Led proporciona em nossas vidas? Antes porém, voltemos no tempo para recordar alguns fatos interessantes a respeito:


Fontana Di Trevi, Roma.
Fevereiro de 2017 
Esta fonte é um dos charmes de Roma para quem caminha entre as ruas da capital italiana. A iluminação dourada que vem de seus tradicionais Lampiões dá o tom nostálgico e glamoroso. Mas isto logo irá mudar! A cidade trocará este sistema antigo por lâmpadas de LED. O objetivo é economizar na conta de luz em milhões de euros, segundos as autoridades. Há quem diga que a nova iluminação é muito clara e desconfortável: o arquiteto renomado Paoplo Portoghesi, da Universidade La Sapienza, chamou a decisão de "um insulto à sensibilidade e inteligência" dos romanos, por intervir num aspecto sensível da cidade.
- É um grande erro - disse, ao 'Telegraph', Salvatore Nicastro, garçom de um café no centro histórico de Roma. A visão de "La Dolce Vita" dos Anos 50 está comprometida, segundo ele.

2014.
Algo parecido ocorre em Porto Alegre com a nova Iluminação Led a ser instalada na Avenida Borges de Medeiros: os icônicos postes da década de 40 (imagens abaixo) foram retirados e serão substituídos por modernas luminárias Led em seu canteiro central. 


Isto levantou dúvidas quanto ao destino dos postes históricos outrora instalados no local - uma investigação foi aberta pelo Ministério Público para averiguar o caso. Segundo a prefeitura, as 12 peças antigas serão restauradas e retornarão, mas desta vez na calçada da avenida. Não há previsão para isto acontecer tão cedo.

Marginal Pinheiros
2015.
A Marginal do Pinheiros em São Paulo ganha nova iluminação em Led. 
991 novos postes e 1.860 luminárias no lado direito, 803 postes e 1.346 luminárias no lado esquerdo da via expressa. 
A principal razão do projeto foi a necessidade de manter as características de iluminância mínima dos pontos de acordo com normas da ABNT. 

Cidade de Los Angeles
O projeto Cities at Night, analisou as fotos noturnas da Terra no Google Maps mostrando como a iluminação em led em cidades como Los Angeles (imagem acima) criam o fenômeno chamado "poluição luminosa", que é o excesso de luz em um ambiente e tem vários efeitos negativos - dentre eles alterar o ciclo de sono das pessoas, que passam a dormir menos e pior, modificar o ecossistema de animais noturnos, reduzir drasticamente a nossa visualização das estrelas durante a noite e prejudicar as próprias imagens dos satélites com uma "nata branca" que tira sua nitidez e precisão. Uma iluminação pública feita de maneira errada contribui para esta poluição luminosa como postes mal posicionados, de altura incorreta e com seu foco de luz voltado para todos os lados em vez de para baixo por exemplo. Uma clara visão de projeto mal feito!

Síria: quando a guerra lança escuridão! 
E quando a força do Led não se faz tão presente? Tome como exemplo, o período turbulento de março de 2015 na Síria: fotos de satélite mostravam então que, a maior parte do seu território estava sem luzes. Cientistas da China e mais de 130 ONGs internacionais analisaram imagens de satélite noturnas e descobriram que, 83% das luzes do país haviam se apagado. De 2011 a 2015, mais de 200 mil pessoas foram mortas e outras 4 milhões fugiram da Síria em consequência do conflito entre o país e o Estado Islâmico. As pessoas fugiam de suas casas destruídas e a escassez de energia contribuiu muito com o declínio da luz noturna.

"As imagens de satélite são a fonte mais objetiva de dados que mostram a devastação da Síria em escala nacional. A partir de 500 milhas acima da Terra, essas imagens nos ajudam a entender o sofrimento e o medo experimentados pelos sírios comuns todos os dias, à medida que seu país é destruído em torno deles", disse na época do evento Xi Li, doutor pesquisador líder do projeto que capturou estas imagens.

Evitando exageros

Raul Lima, membro da Comissão de Investigação Européia Lost Of The Night Network que tem como objetivo conscientizar as pessoas no uso correto das luzes de led em relação as suas temperaturas de cor, principalmente a luz branca, alerta:
"Em algumas cidades européias há diferenças gritantes e desproporcionais em sua iluminação. Porto, em Portugal é menor que Berlim e mesmo assim, possui muito mais luz que a capital alemã. Em outras cidades do país você consegue ainda enxergar a Via Lactea, na Cidade do Porto desde 1984 não se pode mais ter esta mesma visão. E as luzes brancas (6000 K) são as grandes culpadas por isto. O seu uso exagerado pode também ser prejudicial a saúde, o que não ocorre com luzes na faixa dos 3000k por exemplo, uma temperatura de cor mais segura".
Península Ibérica - Portugal e Espanha vistos a noite do Espaço por lentes da Agencia Espacial Européia

Caminho Irreversível

Até 2020, 70% de toda a iluminação pública será de LEDs. Bem instalada ou não. E a incoerência parece também afetar este bom uso do Led nas grandes cidades. Veja por exemplo, o caso dos faróis exclusivos não para veículos ou pedestres comuns mas sim, para os indivíduos 24 horas conectados:


Eles mesmos, os usuários massivos dos celulares, smartphones e tablets que nas ruas, não largam os olhos de suas telas (também em led!) enquanto caminham. Eles chegam a 17% e tem entre 25 e 32 anos. As cidades de Colônia e Augsburgo na Alemanha e também Rosário, na Argentina instalaram "faróis" para estes transeuntes que, na verdade, nada mais são do que faixas de luzes em led acesas nos pisos a beira das guias e calçadas para alertar a estes desavisados sobre o óbvio: prestarem toda a atenção nas faixas de pedestres! E se esta moda que ainda está em estudo pegar, mesmo sendo benéfica para ajudar a proteger vidas, estaremos então falando de mais luzes led apontando para cima, mais poluição luminosa. 

Dubai, Emirados Árabes Unidos
2017
O Oriente Médio se tornará um dos mercados de mais rápido crescimento em Iluminação LED.
Em toda a cidade espera-se enormes oportunidades de crescimento para as empresas, conclui a equipe da Energy & Environment da Frost & Sullivan. O Conselho de Cooperação do Golfo (GCC) comprometeu-se a reduzir sua produção de carbono na Terra e demanda por eletricidade até 2025, com metas claramente estabelecidas. Uma das medidas mais fáceis para atingir este objetivo é a renovação da iluminação nos edifícios e a nível de cidade, apresentar um forte potencial de mercado para diodos emissores de luz (LED) na região. Várias medidas estão sendo implementadas, como a adoção de padrões globais de eficiência energética, a imposição de tarifas de importação adicionais (e mesmo a proibição total) de lâmpadas de iluminação comuns e a promoção de luzes LED. Facilitar esta evolução gerará uma queda constante nos preços dos produtos LED e dará melhoria no desempenho. Suganya Rajan, analista de pesquisa de Meio Ambiente da Energy E relata:

"À medida que a digitalização da luz, da conectividade e da convergência impactam a indústria global de LED, as empresas de iluminação terão que adaptar seus modelos de negócios, desenvolver uma nova abordagem de mercado e criar mais valor para crescer".

Os fabricantes de equipamentos locais irão se beneficiar do aumento do negócio que virá a sua maneira de fabricantes globais de fontes de luz LED e poderão alavancar seus pontos fortes para alcançar clientes e empresas locais. A digitalização da luz na região é uma Mega Tendência que verá um aumento na adoção ao curto prazo. O Reino da Arábia Saudita, Qatar e Kuwait irá testemunhar um dos maiores crescimentos nos próximos anos devido a mega projetos planejados na região, como a sede do Qatar a Copa do Mundo da FIFA 2022 e também a modernização de 75% dos sistemas de iluminação com dispositivos em LED nas estradas, ruas e parques do país, com o objetivo de conseguir economias de até 300 gigawatts-hora (GWh) ne consumo de energia até 2030.

"Projetos residenciais em larga escala para atender a falta de moradias e substituição da iluminação ineficiente das ruas na região também impulsionarão a demanda por LED", observou Rajan.


Fontes: O Globo, Infraestrutura Urbana, Tecmundo, RTP PT, Arch Daily, Market Watch, Newswire

Com este exemplos, citamos o Enorme Poder de Iluminação que o Led tem e as consequências benéficas de seu uso na vida das nações e consequentemente das pessoas. Sem dúvida alguma, LED é mais que tendência. É necessidade. E também pode trazer exageros, como quase a maioria das coisas boas aliás. 'Exagero' este no caso da Iluminação em Led não só em proporções Globais mas também Locais (sua Residência ou Negócio). Como tudo na vida, o que é Bom tem que ser Medido, Calculado, Quantificado, Certificado a exaustão para que o benefício não se converta em malefícios.
O Led veio para ficar de vez. Sempre que indicamos produtos em Led a nossos Clientes, orientamos ao máximo sobre a sua Força e aplicações quanto as temperaturas de cor por exemplo, que tem na cor branca e amarela Funções específicas ignoradas pela maioria deles.

Luz Branca= Serviço
Luz Amarela= Conforto

O video do Tecmundo logo abaixo completa a ilustração deste texto muito bem em relação a isto: cidades como São Paulo ou Los Angeles não abrirão mão de uma Iluminação Pública mais Sustentável e Poderosa.

A Fontana Di Trevi que nos desculpe mas antes das atuais lâmpadas comuns, a iluminação a gás era usada para destacá-la. Depois vieram as lâmpadas incandescentes. E hoje o Led pede passagem. É o avanço inevitável da tecnologia. Bem implantado, ele iluminará mais e gastará menos recursos, sendo eficiênte e sustentável. Mas poderá causar também incômodo aos habitantes e turistas, se feito por um projeto equivocado. Agora, depois de todos estes atuais exemplos, vamos voltar no tempo e na História para ver como a aplicação de novas tecnologias sempre impactaram as civilizações?

25 de novembro de 1816
"Dando um gás" na Iluminação de teatro.

A Gaslight ilumina o teatro da rua Chestnut da Filadélfia.

Os patronos do teatro vivem em uma era das maravilhas: luzes que queimam "sem pavio ou óleo". Pouco depois da sua construção, o New Theatre foi referido como uma das Sete Maravilhas da América e tornou-se o primeiro teatro americano a ser iluminado por aparelhos de gás, em vez de lâmpadas à luz de velas ou a óleo. O comerciante Charles Kugler queria levar a Filadélfia a maravilha moderna que iluminava como as ruas de Londres. Ele montou uma demonstração de gás no Peale's Museum. A iluminação típica na época era de lâmpadas de vela ou de baleia. A era do carvão estava saindo caro caro e escassa. O primeiro local teatral criado pela foi construído entre 1792 e 1805 com um custo de US $ 30.000 (cerca de US $ 600.000 hoje). Um dos arquitetos era Benjamin Henry Latrobe, que também estava trabalhando no edifício do Capitólio dos EUA em Washington, DC. Kugler enfrentou alguma oposição. Alguns filadelfianos denunciaram obras de gás como um perigo para uma saúde pública e segurança, que emitiria um mau cheiro que era desagradável e insalubre. Além disso, a luz do gás, eles disseram, usaria oxigênio e afetaria os pulmões. Temiam também uma explosão que matasse as pessoas. Em solidariedade, gerentes de teatros, unidos, promoviam "estarem felizes em serem os primeiros a apresentar esse sistema de iluminação e se certificar que sua segurança, brilho e limpeza perfeitamente superior eram expressados ​​satisfatoriamente pelo público". O Chestnut Street Theater queimou em 1820 (quatro anos depois), em um incêndio suspeito que destruiu o teatro junto com sua biblioteca, música, cenário e figurinos. A causa do fogo permaneceu um mistério desde que o prédio estava vago por vários dias. Pode ter sido incêndio criminoso, ou ...

Fontes: Chestnut Street Theatre Project, Wired (by Randy Alfred), Time

Medo de errar?
O mesmo pode acontecer com você. Claro que, medida as devidas proporções, pois sua casa ou negócio não pegarão fogo por causa do Led, estamos comparativamente falando aqui de erros de projetos, sejam por falta de expertise ou exageros que passam até desapercebidos. Sempre que pensar em Led, consulte antes um Especialista no assunto. Sua função é evitar que erros possam trazer-lhe desconfortos ou prejudicar todo o seu investimento. E a Codlux® está aqui para isto. São Profissionais da Iluminação preparados e capacitados para desenvolverem o seu Projeto mediante as suas reais necessidades. Sem incoerências técnicas. Sem exageros de Luz. Sem aditivos de produtos desnecessários. Sem custo alto, fora da realidade.

Consulte-nos.

codlux.com/contato



Robson Giro, especial para a Codlux® - Luz em Led







Codlux® - Luz em Led


Luz é Função! Estamos empenhados nisso.




Postagens mais visitadas deste blog

Como evitar ERROS GROTESCOS na instalação?

Olá!
Hoje voltaremos a falar sobre Erros de Projetos. Agora mais precisamente, no tocante a instalação de alguns equipamentos especificados, principalmente aqueles que necessitarem de uma Adequação e Desenvolvimento por parte do profissional em luminotécnica quando da correta escolha dos produtos de iluminação artificial com tecnologia Led para o seu projeto !

Via de regra, grande parte das adaptações criadas pelo Light Designer responsável no projeto encomendado vão de encontro a um desejo pessoal do seu cliente. Isto consequentemente acarretará, por exemplo, em equipamentos que não harmonizarão com o desenho original da peça disponível no mercado: formas, cores, potência da luz, meios de fixação/instalação etc, tudo pode ter que ser mudado naquele equipamento "X" devido a uma escolha pessoal do proprietário do imóvel, tendo contudo que manter-se não só a qualidade na iluminação local como também, a garantia do produto. E é aí que a coisa pode começar a pegar: instaladore…

Trilho Suspenso: Solução simples e sofisticada

Olá!



#AdequaçãoEdesenvolvimentoqual empresa em iluminação oferece isto a todos os seus clientes de maneira incondicional?
Seja em sua casa ou empresa, a Codlux® vai aonde nenhuma outra pode (ou não quer) ir: solução para aquilo que está em sua mente, adaptada as disponibilidades atuais do mercado e sem custos exorbitantes - você simplesmente não tem que pagar a mais por isto.Nosso Atendimento e Pós-venda estão fazendo a diferença para centenas de clientes atendidos, como o do caso deste video, que queria também em seu projeto um simples trilho eletrificado, pousado longe do teto, acima de sua mesa de jantar no terraço mas com sofisticação, sem cabos ou fios aparentes.



O expertise dos profissionais da Codlux® no mercado da iluminação foram fundo: do design a fabricação do produto, passando pelo conhecimento certo dos insumos para encontrar a finalização perfeita, de bom gosto e com muita resistência.

Esta é a Codlux®. Luminotécnica e design acessível a você!


Veja agora a preparação d…

Coronavírus: informações, precauções, mercado e Led disponível

Olá. O mundo não fala (nem teme) outra coisa senão a ameaça do coronavírus. Muito você já deve ter lido por aí sobre o assunto para se prevenir - e isso é um excelente sinal! Mas, e quanto ao mercado, a economia e o bom andamento de nossos projetos em 2020? Como e o quanto essa doença afetará na prática nossas vidas mundo afora e aqui no Brasil? Por exemplo, poderá faltar equipamentos em Led num período próximo? Fomos atrás destas e outras respostas - em virtude da importância do tema, informamos que esta publicação (originalmente postada no dia 3 de Fevereiro de 2020) será periodicamente ATUALIZADA. Fique atento!
A PRODUÇÃO DE LED ESTÁ PARADA NA CHINA?



Sim. Devido ao surto de coronavírus na China, o governo central estendeu o feriado de ano novo até o dia 3 de fevereiro de 2020: todas as províncias da China registraram ao menos um caso de coronavírus, o que desencadeou medidas excepcionais como quarentenas em dez cidades, incluindo Wuhan, o epicentro do surto, onde vivem 11 milhões d…